Como usar o Google Discover para aumentar seu tráfego

interface
Compartilhar postagem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Sumário

Você conhece o Google Discovery? Essa é uma nova forma de atrair tráfego orgânico para o seu site, sendo muito eficaz no mobile. Afinal, SEO não é apenas para atrair resultados das buscas, visto que existem outras oportunidades que devem fazer parte da sua estratégia.

Contudo, como é um assunto relativamente novo, muitas pessoas não sabem como usá-lo e sequer sabem que existe. Portanto, é uma oportunidade que o mercado apresenta para trazer novos conteúdos e engajar uma audiência.

Se esses são alguns dos seus objetivos, continue lendo o post. Vamos apresentar para você o que é o Google Discover e como ele pode gerar mais tráfego.

O que é o Google Discover?

Antes de mais nada, é preciso entender o que é esse recurso e como pode ser tão valioso. É provável que você já tenha visto o Google Discover, mesmo que não saiba exatamente o que ele é.

Basicamente, se trata de um recurso voltado para dispositivos móveis, que recomenda novos conteúdos para os usuários, baseados nos seus interesses e em suas experiências anteriores.

Para vê-lo em prática, pegue o seu celular e abra uma nova aba do Chrome. Na parte mais inferior da página, existe uma porção de artigos recomendados para você, baseados no que você costuma acessar. Esses posts são o resultado do Google Discovery.

Você também pode acessá-lo no app do Google, ou deslizando a tela inicial do seu smartphone para a direita.

A ideia do recurso, anunciado em 2018, é mudar um pouco os parâmetros do Google. A ideia era de que ele fosse reativo, ou seja, o usuário digita uma busca e o Google mostra os resultados que ele considera mais relevantes.

Agora, ele é proativo. Mesmo sem que o usuário não procure nada, ele oferece conteúdos que acredita que o usuário gostaria.

Como usar o Google Discover para aumentar seu tráfego

Como o Google Discover funciona?

A ideia desse recurso é sempre trazer novidades e conteúdos do interesse do usuário. Por isso, os posts são novos, com um ou dois dias de publicação. Contudo, nada impede de ser exibido um conteúdo antigo, se esse for importante.

Além disso, não são apenas blog posts que são exibidos. São também:

– Vídeos;

– Placares de esportes;

– Preços de ações;

– Notícias;

– E muitos outros.

Depende do que é importante para você.

O Google pode construir essa biblioteca personalizada, pois sabe muito sobre o histórico de internet do usuário. Ele conhece o que você pesquisa e o que você acessa. Ao parar para pensar, o que não falta para o Google é informação em relação ao seu comportamento.

Como o Google Discover pode atrair mais tráfego?

Agora que já ficou claro o que é o Google Discover, vamos ao que interessa. Como pode atrair mais tráfego para seu site? Existe um conjunto de boas práticas que podem ajudar muito suas chances de aparecer nas primeiras posições do Discover.

Seja otimizado para mobile

A primeira é bem óbvia e já deveria ser uma preocupação da sua estratégia de SEO. Como o Google Discover está disponível apenas em dispositivos móveis, é preciso garantir que o conteúdo é totalmente otimizado.

Para cada conteúdo produzido, faça uma auditoria de SEO com foco no mobile.

Crie conteúdo que seja relevante para audiência

Outra dica importante e que já deve fazer parte da sua estratégia. No Google Discover, o volume de pesquisas é irrelevante, já que não existe. Por isso, identifique pontos de conexão entre você e seu público e não tenha medo de ser bem específico e profundo. Se a vantagem do feed é ser personalizado, o conteúdo precisa seguir essa linha.

Uma forma de fazer identificar pontos em comum, é encontrando a interseção entre diversos tópicos de interesse, de preferência, com uma pitada de eventos importantes no momento.

Use imagens de alta qualidade e não esqueça do vídeo

Imagens são cruciais para chamar a atenção no Google Discover. Segundo dados do próprio Google, cards com imagens maiores tem um CTR 5% maior.

Além das imagens no thumbnail, aumentar a produção de vídeos também é uma forma de otimizar a sua presença nesse recurso. Ambos são parte da estratégia do Google de procurar formas visuais de trazer informação para o usuário.

Escolha o conteúdo certo a abordar

É importante escolher o conteúdo certo para abordar no Google Discover. O problema é que esse conteúdo dificilmente se dá em palavras longas, o que significa que é preciso trabalhar conteúdo com temas mais abrangentes. Então, identifique interesses genéricos dos usuários e combine com aquilo que sua empresa pode oferecer.

A partir dessa conexão, você pode usar a estratégia de topic clusters. Ou seja, tópicos satélites, ou de cauda longa, que giram em torno do principal. Por exemplo, se o Google sabe que o usuário tem interesse em Marketing Digital, você pode trazer diversos outros conteúdos mais específicos dentro de uma página pilar principal.

Se ele mostrar que gosta dos seus conteúdos e desse assunto, mais o Google mostrará. Imagine que o Google mostrou um conteúdo sobre marketing digital. Em seguida, o usuário leu sobre SEO. No final das contas, o Google pode entender que você é referência nesse interesse e mostrar todos os assuntos relevantes a ele.

Então, se você fizer um post sobre Google Discover, que é um assunto próximo a SEO, o Google pode sugeri-lo, pois sabe que o usuário gosta de temas desse tipo.

Misture conteúdo fresco com conteúdo evergreen

Na mesma pesquisa do Search Engine Journal que destacamos acima, existe um dado dizendo que a vida útil dos posts é relativamente curta, de apenas 3 ou 4 dias, sendo que o pico do tráfego ocorre com 1 ou 2 dias após a publicação. Contudo, os conteúdos evergreen continuam a fazer sucesso.

Isso significa que você deve mesclar a produção de conteúdos frescos com evergreen no seu blog. Ou seja, sempre que tiver uma notícia ou uma grande novidade do seu mercado, faça uma publicação para aproveitar o tráfego fresco.

Contudo, sempre que o usuário pesquisa algo semelhante o Google tende a oferecer conteúdos evergreen que complementam o que foi pesquisado. Então, os conteúdos podem ter uma vida curta, trazendo picos de audiência, mas os evergreen podem trazer tráfego no longo prazo.

Conclusão

O Google Discover é uma novidade bem interessante. Ele permite trazer bastante tráfego para sua página, mas é preciso ficar atento. Ele não existe para substituir a busca tradicional, apenas para complementá-la. Porém, não explorar esse novo caminho é um desperdício de um recurso que pode ser bem interessante.

CONTINUE LENDO
Postagens Relacionadas