Impacto nas redes sociais: Faça um planejamento realmente efetivo

É fundamental para qualquer empresa ter seu próprio marketing para redes sociais. Aprenda nesse artigo como fazer uma estratégia eficiente hoje!
interface
Compartilhar postagem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Sumário

Atualmente, é imprescindível para qualquer empresa ter seu próprio plano estratégico de marketing para redes sociais. Muitos pecam ao deixar de lado o embasamento inicial de suas campanhas e precisam corrigir os erros no futuro. Consequentemente, isso torna o processo mais complicado.

Neste artigo, vamos percorrer a jornada do planejamento estratégico para marketing digital nas redes sociais. É importante lembrar que cada setor e empresa têm suas particularidades. Contudo, tratando-se de mídias sociais, alguns passos podem sempre ser seguidos.

Crie objetivos e metas

A princípio, a construção da Brand Persona é primordial para qualquer empresa. Defina a cara do seu negócio e incorpore os valores e missão da empresa na imagem da marca.

Primeiramente, você deve responder algumas perguntas sobre sua marca:

  • Quais os objetivos centrais da minha empresa?
  • O que eu quero comunicar ao meu público? Que tipo de conteúdo quero criar?
  • De que forma quero transmitir essas informações? Quais canais vou utilizar?

Os objetivos definidos por você nesse momento inicial irão guiar todo o plano nas próximas etapas. Portanto, é vital que sejam claros e viáveis dentro das condições de sua empresa.

Nesse sentido, a personificação da brand persona pode ser feita de diversas formas: tom de fala (mais pessoal e subjetivo, ou mais formal); cores utilizadas; organização visual do layout de sua página; utilização de influencers ou youtubers como propagadores de sua marca, etc.

Você precisa saber o que é sua empresa, qual a mensagem que deseja comunicar e como vai transmiti-la. Assim, depois disso, terá dado os primeiros passos no seu plano de marketing digital para as redes sociais.

Então, nesse estágio, poderá realizar uma pesquisa de mercado e analisar os resultados de seus concorrentes. Saber o que está sendo efetivo ou ineficiente para os outros pode ajudá-lo no planejamento de sua própria estratégia.

Análise de SWOT

Com intuito de realizar essa pesquisa, a análise SWOT Digital pode ser útil no processo. A sigla se refere a quatro etapas de análise:

  • Strenghts (forças): os pontos mais fortes de sua empresa;
  • Weakness (fraquezas): os pontos mais fracos da empresa;
  • Opportunities (oportunidades): aspectos positivos referentes ao mercado externo;
  • Threats (ameaças): aspectos negativos referentes ao mercado externo.

Por meio desse mecanismo é possível realizar um diagnóstico do que está falhando ou precisa de aprimoramento em sua empresa. Além disso, a SWOT Digital ajuda a elencar suas prioridades de forma bastante clara.

Ademais, outra dica para medição de desempenho é a determinação de alguns KPIs na formulação de métricas de marketing digital.

Os Key Performance Indicator, ou Indicadores-chave de Desempenho, funcionam de maneira diversa e devem ser utilizados com atenção. Desta forma, você poderá medir o desempenho de sua empresa no mercado, a qualidade de seus produtos e serviços, o alcance da mercadoria em determinados grupos de clientes, o aumento/diminuição de tráfego orgânico, etc.

Encontre seu público

Da mesma forma que a construção da brand persona é focada na empresa, a buyer persona se volta ao público. Uma boa estratégia de marketing deve sempre levar em consideração o público que se quer atingir.

Fazemos, aqui, a distinção entre público-alvo e buyer personas. O primeiro diz respeito a um grande grupo de pessoas que têm perfil demográfico semelhante como consumidores. Como, por exemplo, gênero, classe social, faixa etária, sexo.

Ao mesmo tempo, a buyer persona é o retrato do seu comprador ideal. Ou seja, é uma personagem fictícia que representa quem se encaixa melhor no perfil de consumidor que sua empresa quer atingir.

A persona é construída de forma mais segmentada e específica, reunindo mais informações (profissão, ensino, hábitos, gostos e preferências).

É imperativo realizar pesquisas para descobrir a maior quantidade de informações possíveis sobre seus leads. Por certo, quanto mais você souber sobre seu público, maior será a chance de suas campanhas de marketing digital surtirem efeito. Conhecer o seu público permitirá a criação de campanhas mais eficientes e direcionadas.

Estratégias de marketing para redes sociais

Impacto nas Redes sociais

Embora muitos pensem que o marketing digital é gratuito, essa é uma visão distorcida sobre o processo. Planejar uma campanha para redes sociais também exige investimentos e saber aplicá-los de maneira efetiva é o que distingue uma empresa de sucesso.

Lembre-se de manter seus objetivos alinhados com sua realidade financeira. Ou seja, leve em conta os gastos com pessoal, interfaces, plataformas, softwares e demais ferramentas de gestão e planejamento.

Tendo os objetivos e público estabelecidos chega o momento de pensar nos canais que você quer usar. Pergunte-se quais redes sociais mais irão lhe auxiliar na divulgação de seus produtos e serviços.

Marketing digital no Facebook e Instagram

As ferramentas de gestão das redes sociais como Facebook e Instagram, com efeito, tornam-as perfeitas para a promoção de produtos com maior apelo visual. É possível (e recomendado) fazer um estudo dos dados demográficos em ambas as redes e ter uma melhor percepção de quem está acessando sua página.

Certamente, o Instagram é um canal perfeito para gerar leads e alcançar um grande público de maneira rápida e eficiente. Uma pesquisa realizada pela Quintly apontou que os vídeos geram até 21% mais interações. Então, é uma boa ideia investir parte de seus recursos na produção de mídia audiovisual para o feed, stories ou IGTV.

O Instagram Stories pode ajudar a impulsionar sua marca com cenas de bastidores da campanha, ou apresentação de curiosidades relacionadas à sua empresa que não cabem bem no feed.

Uma dica de planejamento de conteúdo nas redes sociais para não encher o feed com links fechados é colocar o famoso “Link na bio” ao fim do post, para que o lead tenha acesso a suas landing pages. Essa estratégia pode usada, por exemplo, na divulgação de e-books com materiais sobre a sua empresa ou projeto.

Além disso, é recomendável utilizar as hashtags em todos os seus posts, pois são um método fácil para os clientes encontrarem seu conteúdo. Você precisa publicar o conteúdo certo para chamar a atenção de seu público e atrair prospects. As hashtags funcionam como filtros de assuntos e tópicos.

Dica: ao criar uma campanha de marketing digital, invente a hashtag que vai acompanhar as postagens da campanha.

Anúncios pagos

Tal como o Facebook Ads, o Instagram Ads pode impulsionar as vendas de seu e-commerce. Explore a plataforma e possibilidades de ter sua loja no Instagram. Ferramentas como as etiqueta de preços nas publicações e pagamento online direto ajudarão a alavancar seus resultados.

A mídia paga das redes sociais também são ótimas ferramentas de anúncio. A versatilidade e possibilidades de segmentação dependem de cada plataforma. No Facebook e Instagram é possível segmentar por curtidas, grupos e páginas visitadas. Já o LinkedIn separa os usuários por cargo, atribuições, empresa e ramo de atividades.

Marketing digital no YouTube

É essencial, sobretudo, produzir conteúdo relevante para engajar sua audiência. no YouTube é ainda mais importante que seus vídeos tenham uma alta qualidade técnica, com boa edição de áudio e imagem.

Utilize as ferramentas SEO do YouTube para otimizar as buscas, crie palavras-chave e títulos curiosos e use CTAs com a finalidade de chamar a atenção do espectador. Os recursos visuais dessa plataforma são muito diversificados, basta explorá-los.

Enfim, você deve incorporar sua marca nos vídeos de forma dinâmica e interativa. Apresente sua empresa em um vídeo fixado, faça parceria com influencers e youtubers para um maior alcance de público.

Outra estratégia de marketing digital é anunciar seu produto ou serviço em outros canais do YouTube ou por meio de mídias pagas nas redes sociais. Anuncie seus vídeos mais recentes, por exemplo, em campanhas do Facebook ou Instagram e analise os resultados para ter uma percepção melhor de quais plataformas estão rendendo mais.

Recapitulando

Primeiramente, em qualquer rede social, é vital que você planeje primeiro e execute depois. Tenha sempre em mente qual seu objetivo principal, suas metas de vendas e alcance e quem é seu público.

Por conseguinte, perceba quais métodos melhor funcionam para você e sua empresa e invista nas plataformas que lhe dão melhor retorno (tanto financeiro quanto alcance de público).

Utilize, sempre que possível, as ferramentas disponíveis em cada rede social de acordo com a abordagem e o tipo de conteúdo.

E, por fim, analise os resultados diários, semanais, mensais e anuais de suas campanhas de mídia digital. Assim, saberá quais métodos são mais eficazes para sua empresa.

Agora que você já sabe o básico da teoria, pode começar a aplicar nossas dicas e planejar sua campanha estratégica para redes sociais.


Quer saber mais sobre o assunto? Confira mais estratégias sobre Marketing digital!
Acesse nosso blog ou nosso site e entre em contato conosco para enviar dúvidas ou sugestões.

CONTINUE LENDO
Postagens Relacionadas