Marketing Digital para Medicina Alternativa Vale a pena? Descubra!

O marketing digital é a melhor estratégia para os profissionais da área de medicina alternativa. Confira nosso artigo e descubra como montar sua estratégia!
interface
Compartilhar postagem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Sumário

A medicina alternativa compreende o conjunto de práticas e tratamentos naturais que não fazem parte da medicina tradicionalmente conhecida e aplicada em hospitais e clínicas médicas. Mais que uma opção, tratamentos homeopáticos, de fitoterapia, aromaterapia, reiki, entre outros, têm se tornado um estilo de vida para os pacientes, bem como uma excelente opção para os profissionais que ingressam na área. Por ter uma natureza diferenciada, é de se pensar que os meios de divulgação desse tipo de trabalho, também não devem ser pensados de maneira retrógrada. A partir dessa conclusão, o marketing digital mostra-se uma opção muito interessante.

Com uma abordagem voltada ao mundo digital é possível transmitir conhecimentos e histórias que validam as práticas alternativas. Dessa forma, é possível alcançar um número muito maior de adeptos.

Mas o que, de fato, é preciso para começar a fazer um marketing digital eficiente?

Primeiramente, o profissional deve ter uma boa base para começar. Isso significa que é essencial a criação de um site e de páginas nas principais redes sociais da atualidade. O que nos leva ao primeiro tópico:

Marketing digital: criação de um site profissional de medicina alternativa

O site é utilizado para uma infinidade de questões, como a publicação de informações de contato, como e-mails, telefones e endereço. Mas não apenas isso. Por meio do marketing digital realizado no site próprio, o profissional pode dar início a construção de sua imagem, adquirindo credibilidade e autoridade a partir de notícias e artigos publicados.

Para criar o site, é essencial, antes de começar o design da página, que o profissional contrate um bom serviço de hospedagem. É lá que ficarão armazenados os arquivos disponibilizados no site. Assim, também é importante fazer o registro do domínio, que é o endereço do site. Exemplo: www.seunomehomeopatia.com.br.

A página deve ser bem estruturada e ter um aspecto profissional para alcançar a confiança dos que por ela transitam. A recomendação é que se utilizem plataformas de construção de sites com opções mais completas. Um exemplo é o caso do WordPress.

Nada impede, que o profissional no começo de sua carreira opte por plataformas um pouco mais amadoras, como a Wix por exemplo. Talvez o alcance não seja tão grande, porém é uma boa maneira de começar.

Dessa forma, basta que se dê ao site o design que mais combina com o profissional. Para isso é possível aprender com tutoriais no Youtube, em sites a partir de buscas no Google, entre outros.

Caso não se tenha nenhuma afinidade com esse tipo de coisa, o profissional pode contar com a ajuda de uma agência especializada no assunto. A agência pode cuidar da criação e do design do site, assim como de seu domínio e hospedagem. Além disso, uma agência é capaz de fazer um site responsivo. Ou seja, que se adapte facilmente a visualização e navegação mobile (para dispositivos móveis).

Conteúdo do site

Por se tratar de um site voltado a uma ou mais áreas da medicina alternativa, supõe-se que seu idealizador irá focar no marketing de conteúdo a respeito de tratamentos naturais. É sobre este assunto, que trataremos neste tópico.

Para melhor compreensão é interessante partir de um exemplo:

Digamos que Ana trabalha com homeopatia. Ela fez cursos e se especializou na área de tratamentos naturais, tendo um vasto conhecimento sobre o assunto. A partir disso ela resolve criar um site para que mais pessoas conheçam o seu trabalho.

Neste site, ela pode ter uma área de notícias a respeito das mais novas técnicas de homeopatia natural. Em outra aba, Ana pode criar um blog dentro do próprio site, onde irá realizar publicações semanais sobre conteúdos diversos.

Ana ainda pode ter um espaço no seu site, destinado a venda de produtos naturais, nos quais ela é filiada por exemplo. Neste caso, uma afiliada vende produtos de terceiros a partir de filiações em sites como Hotmart, Eduzz e Monetizze.

Por fim, dentro do site, ela pode indicar suas redes sociais, seu e-mail para contato, o endereço no qual ela atende, telefones, whatsapp, entre outras informações. A página inicial deve ser especialmente atraente, devendo conter as informações citadas. Afinal, mais de 50% das conversões acontecem somente com a visita à primeira página de um site.

Técnicas SEO (Otimização Para Mecanismos de Busca)

SEO Para medicina alternativa

O site é uma das melhores maneiras para criar autoridade dentro do ramo de atuação do profissional de medicina alternativa. A partir dessa questão, o profissional que utiliza o site para transmitir seu conhecimento, acaba ficando conhecido e respeitado no meio.

Para que isso ocorra, não basta ter um site cheio de informações excelentes. Também é preciso saber escrever os conteúdos de uma forma que os buscadores, como o Google, por exemplo, possam indicá-lo para os internautas.

Aí é que entra o SEO, que engloba técnicas para indexação do site nas primeiras páginas do Google. Por exemplo, se alguém pesquisa “homeopatia natural” no buscador, diversos sites vão aparecer na primeira página. Esse sites só estão ali, porque foi feito um trabalho de otimização de palavras-chave, tamanhos de parágrafos, imagens, palavras de transição, entre outros.

As técnicas de otimização funcionam especialmente com buscas mais específicas como:

  • Yoga para iniciantes;
  • Homeopatia para emagrecer;
  • Massoterapia para ansiedade;
  • Quiropraxia em São Paulo.

Essas palavras-chave comumente pesquisadas nos buscadores são escolhidas pelos profissionais criadores de conteúdo. Elas são colocadas durante a sua publicação, de maneira fluida, sem que pareça algo forçado ou fora de contexto.

Uma excelente maneira de escolher esses temas é utilizando softwares de análise de análise de marketing e visibilidade. Semrush e até mesmo o Keyword Tool, conhecido no Brasil como Planejador de Palavras-Chave do Google, são alguns exemplos.

A ferramenta do Google está disponível de forma gratuita. Ela permite que os criadores de conteúdo vejam as estatísticas de pesquisa de cada palavra-chave. Isso torna a escolha dos conteúdos cada vez mais assertiva.

Google Adwords

A ferramenta do Google Adwords, mais conhecida por Google Ads é muito importante para o marketing digital de qualquer área. Isso porque é a partir dela que os criadores de conteúdo criam anúncios pagos divulgados especialmente a partir de pesquisas no buscador.

Para se ter uma ideia o Google é o principalmente mecanismo de busca no Brasil. Cerca de 80% das buscas realizadas no país são realizadas a partir do site. Dessa forma, não é de se estranhar que as principais estratégias de marketing digital tenham como base o ranqueamento no Google.

Para exemplificar, podemos utilizar os mesmo exemplos do tópico acima. Caso uma pessoa pesquise “Quiropraxia em São Paulo”, o buscador irá mostrar os sites que se utilizaram de SEO para estar nas primeiras páginas. Isso é chamado de tráfego orgânico. Mas também mostrará anúncios com a mesma palavra-chave feitos com o Google Ads. Essa segunda modalidade é chamada de tráfego pago.

Ele é pago, pois o criador de conteúdo paga um valor para a Google, cada vez que uma pessoa clica em seu anúncio. Esse valor pode ir de poucos centavos até alguns reais dependendo da palavra-chave.

Segmentação

Uma dica importante para se destacar em meio a tantos anúncios é utilizar a ferramenta aproveitando ao máximo seus recursos. Em especial a segmentação, que serve como filtro para que o anúncio só apareça para determinado público-alvo.

No caso da medicina alternativa, existem tratamentos mais procurados por mulheres, de uma determinada idade por exemplo. Nesse caso é possível configurar o anúncio para aparecer somente para esse público. Também é possível escolher critérios como região, horário de exibição, entre outros.

A segmentação faz com que o anúncio consiga perseguir exatamente potenciais novos clientes do serviço oferecido. Posteriormente, basta conferir a taxa de cliques e conversões do anúncio para ajustar o que for preciso.

Redes SociaisRedes sociais para medicina alternativa

O tópico das Redes Sociais, merece atenção especial, ja que pode alavancar a carreira de um profissional de medicina alternativa. Mas porque isso acontece?

A resposta é muito simples, porém difícil de ser executada na prática: as redes sociais, quando bem aproveitadas, dão autoridade ao criador de conteúdo.

O ato de “Seguir” um criador de conteúdo da área da saúde, faz com que o indivíduo torne-se seu seguidor e passe a acompanhar o profissional na plataforma de sua escolha. Dessa forma, os conteúdos produzidos serão entregues a essa pessoa em seu feed, mesmo que ela não procure necessariamente pelo nome ou página do profissional.

É uma relação de troca, em que as duas partes têm um papel importante. Afinal, quanto mais conteúdos interessantes e úteis forem postados, mais interações terão as publicações. E quanto maior for o engajamento do público, mais visibilidade o criador de conteúdo terá.

A relevância das publicações está diretamente relacionada a autoridade que o profissional de medicina alternativa possui na área. Essa autoridade é o reconhecimento do público, ao perceber que o criador possui expertise no assunto. Esse é um dos fatores que fazem com que as pessoas procurem determinados profissionais diretamente nos buscadores, bem como tenham confiança para compartilhar suas postagens e publicações nas redes sociais.

Como se destacar

É preciso que fique claro que para se destacar diante de bilhões de buscas, o profissional de medicina alternativa precisa ser uma referência na sua área de atuação, não basta apenas produzir conteúdos relevantes e investir em anúncios pagos, a pessoa precisa saber quem é este profissional e onde ele posicionado dentro do universo da medicina alternativa.

É muito indicado dar preferência a redes sociais, onde a marca fortalece a credibilidade, o reconhecimento, e a fidelidade junto aos seus pacientes. Entre as opções que mais se destacam estão:

  • Youtube;
  • Facebook;
  • Instagram;
  • Linkedin.

Linkedin

Entre todas as opções citadas, o Linkedin é a mais profissional, trazendo informações técnicas sobre a formação do profissional, experiência, artigos publicados, entre outras questões puramente profissionais. É extremamente recomendado ter um cadastro no Linkedin para demonstrar seriedade e profissionalismo.

Facebook

Já o Facebook é a segunda rede social mais utilizada no Brasil, tendo como público mais engajado pessoas um pouco mais maduras. A grande questão do Facebook, é o alcance que ele possui, tanto a partir de publicações normais, quanto de anúncios realizados no Facebook Ads. Muitas empresas encontram nesses anúncios a sua maior taxa de conversão, por isso é interessante dar uma atenção especial a plataforma.

Instagram

O Instagram vêm se destacando positivamente há algum tempo dentro das redes sociais. O que mais influencia a utilização do App, é a sua versatilidade e a possibilidade de geração de leads. O criador de conteúdo possui três formas de realizar publicações e interagir com seu público. A primeira delas é a publicação de imagens com legendas no feed. A segunda é a criação dos famosos Stories, e a última é a publicação de anúncios através do Instagram Ads.

O que se tem notado, é que os criadores de conteúdo, e nesse caso estão incluídos os profissionais da medicina alternativa, utilizam muito a criação de Stories, que são aquelas publicações que ficam disponíveis por 24h no feed das pessoas. Essa ferramenta se tornou muito importante no marketing digital, tanto para a divulgação do trabalho do profissional, como também para a transmissão de conteúdos relevantes.

YouTube

A rede social mais utilizada no Brasil não poderia ficar de fora dessa lista! O YouTube cresce a cada dia, dando oportunidade para que o marketing digital seja realizado por qualquer pessoa que possua uma câmera de vídeo e a vontade de se posicionar. No YouTube o profissional pode se destacar por seu conhecimento, carisma, entre outros atributos.

Com a ajuda da plataforma, é possível ficar mais perto dos criadores de conteúdo. O público pode absorver com mais facilidade as informações transmitidas, fazendo com que também se lembrem com clareza do profissional quando precisarem do serviço oferecido por ele.Marketing Digital para Medicina Alternativa Vale a pena?

Regras do Conselho Federal de Medicina

Antes de realizar publicações e se lançar no marketing digital, é muito importante que o profissional tenha consciência das regras impostas pelo CFM (Conselho Federal de Medicina).

Essas regras valem para qualquer área da medicina alternativa, englobando especialidades como:

  • Fitoterapia;
  • Auriculoterapia;
  • Acupuntura;
  • Shiatsu;
  • Aromaterapia;
  • Reiki;
  • Reflexologia;
  • Terapeuta holístico; entre outras.

Esse conjunto de regras compreende parâmetros para a publicação de conteúdos e estratégias de marketing nas redes sociais. Tornando o marketing digital leal e verdadeiro para com o público. Entre as regras mais conhecidas estão a não divulgação de títulos científicos que não possa comprovar, adulteração de dados estatísticos, garantir bons resultados de tratamento sem comprovação científica, entre outros.

Considerações finais

Em meio a tanta concorrência espera-se que este artigo tenha sido de grande valor para os profissionais da medicina alternativa. Sabe-se que o marketing digital é uma área relativamente nova, em que todos os dias são criadas estratégias e novas formas de posicionamento.

A partir disso, este texto serve como base teórica para que o profissional possa desbravar com clareza tudo o que é relacionado a essa área. Boa sorte nesta jornada!


Gostou desse conteúdo? Gostaria de saber mais sobre tecnologia? Acesse nosso Blog!
Gostaria então de saber mais sobre Marketing digital ou sobre como conseguir mais Leads? Entre em contato que estaremos prontos para lhe ajudar!

CONTINUE LENDO
Postagens Relacionadas
Open chat
Precisa de ajuda?