O que é E-commerce e como funciona. Dicas de vendas online

interface
Compartilhar postagem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Sumário

Se você está pensando em abrir uma loja virtual, certamente precisa conhecer o que é e-commerce. Afinal, o e-commerce brasileiro apenas cresce, se fortalecendo 22,7% em 2019 e atingindo um faturamento de mais de R$ 75 bilhões. Grande parte disso vem do comportamento do consumidor de fazer compras on-line, seja pela maior variedade de opções, condições mais favoráveis de preço ou simples conveniência.

Porém, para quem ainda não conhece esse mercado, é natural ter algumas dúvidas de como ele funciona. Então, se você quer abrir uma loja virtual, precisa continuar lendo este post. Entenda o básico de o que é e-commerce, como ele funciona e algumas dicas para ele começar.

O que é e-commerce e como ele funciona?

A definição do e-commerce é simples: é um ambiente on-line em que é possível vender produtos ou serviços pela internet. Esse tem diversos nomes, como uma loja virtual, comércio eletrônico ou loja on-line.

Também funciona de forma bem simples, em que um cliente acessa a loja por um site ou app, usando o computador, notebook e cada vez mais o smartphone. Como o ambiente é on-line, ele pode acessar a qualquer hora do dia ou da noite, durante toda a semana. Além disso, ele escolhe o produto, coloca no carrinho e realiza o pagamento da forma que desejar.

Para isso, a loja precisa promover um ambiente adequado para fazer isso. Ou seja, precisa ter um domínio registrado, que é o site na internet. O site, registro.br é uma forma de descobrir se o site que você pretende registrar já foi usado.

Além do domínio, você precisa de um serviço de hospedagem, que é onde o site fica armazenado para ser encontrado pelos usuários. Ele reúne imagens, textos, códigos e todas as outras funcionalidades da sua loja.

Por fim, é preciso também contar com uma plataforma, que fará as ações mais básicas de um e-commerce, como o cadastro dos produtos, identificar o pagamento, acompanhar os pedidos e diversas outras.

Dicas para começar em um e-commerce

Agora que você já conhece o que é e-commerce e como funciona, confira algumas dicas de como dar os primeiros passos.

Entenda toda a parte logística

Ao vender pela internet, é claro que é preciso ter alguma solução logística para entregar os produtos. Ou seja, como será feita a entrega? Como é o empacotamento? Qual é o custo do frete? Todas essas perguntas podem viabilizar, ou não, um e-commerce.

Considere um marketplace

Antes de mais nada, você pode considerar participar de marketplaces. Essas são as grandes lojas, como Amazon, Americanas e Submarino. É uma ótima forma de começar, atrair tráfego para sua loja e viabilizar se existe demanda por um produto, sem precisar fazer muito investimento em uma loja, logo de cara.

O que é um E-commerce e como funciona

Gaste um bom tempo pesquisando a plataforma ideal

Como mencionado acima, a plataforma é o local onde são feitas as principais ações do seu e-commerce. Portanto, é preciso ter muito cuidado no momento da escolha. Se você errar em um primeiro momento, pode ser trabalhoso fazer a migração. Por isso, procure gastar um tempo escolhendo a plataforma certa. Existem diversas opções, desde as alugadas até as proprietárias.

A principal dica é que ela seja simples de integrar com outras funcionalidades. Por exemplo, é fácil fazer a emissão de notas fiscais? E a gestão de estoque? Garanta que a plataforma que você for escolher tem todas as principais funcionalidades.

Cuidado ao criar o layout da loja

Se você quer abrir um e-commerce, é provável que não conheça muito sobre programação ou design. A boa notícia é que não precisa. Se você não tem como contratar um profissional para fazer isso, pode usar uma das plataformas, como a Magento, Open Cart ou WooComerce. A maioria delas é bem simples e não demanda grandes conhecimentos.

O ideal é que você crie um layout que seja intuitivo e simples, fácil de navegar. É uma ótima dica ler um pouco sobre o conceito de User Experience, dentro da usabilidade.

Otimize para mobile

A maioria das plataformas já tem essa funcionalidade, mas é ideal se preparar para o mobile. Essa já é a principal forma de comprar pela internet com 7 a cada 10 usuários que usam o smartphone para fazer suas compras.

Por isso, teste e garanta que seu site é otimizado para mobile. Outro conceito que vale a pena explorar é um site responsivo. Ou seja, aquele que se comporta bem tanto no mobile quanto no desktop.

Tenha formas alternativas de pagamento

Uma vez que sua loja esteja operando, é preciso escolher as formas de pagamento. Os cartões de crédito não podem faltar, assim como o boleto. Afinal, esses estão entre os principais meios de pagamento online. Porém, vale a pena sempre ficar atento às novas formas.

Por exemplo, o PIX é o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, que deve entrar em vigor em janeiro. O WhatsApp Pay também está saindo do papel. Esses modelos podem ser ainda mais atrativos e conveniente para os usuários.

Tenha uma presença forte nas redes sociais

Falando no WhatsApp, as redes sociais são essenciais para quem quer trabalhar em um e-commerce. Primeiramente, é uma ótima forma de divulgar os produtos, especialmente por meio de fotos. Além disso, também é um canal de atendimento ao cliente, pois você pode usar o chat do Facebook, o próprio WhatsApp, e muito mais, para tirar suas dúvidas sobre os produtos ou até mesmo fechar vendas.

Não esqueça de fazer a divulgação

Alinhados às redes sociais, é preciso fazer a divulgação. Afinal, os clientes precisam saber que sua loja existe. O primeiro conceito interessante a explorar é o SEO, Search Engine Optimization, ou Otimização para Motores de Busca. Essa é uma forma de se posicionar melhor no Google, para que o usuário possa encontrar sua loja sempre que procurar por aquele produto. O objetivo é atrair bastante tráfego e divulgar os produtos.

Outra forma de atrair tráfego é por meio dos anúncios pagos, do próprio Google ou do Facebook. Esse é um passo um pouco mais avançado, mas que vale a pena conhecer.

Conclusão

Agora que você sabe o que é e-commerce, ficou claro que existem muitos conceitos envolvidos, o que pode ser um pouco confuso. Porém, para ter um e-commerce de sucesso, é preciso considerar cada um deles. Portanto, a recomendação é que você leia mais sobre eles, para conhecer tudo sobre como começar e gerenciar seu e-commerce da melhor forma possível.


Gostou do conteúdo desse artigo sobre o que é e-commerce e quer saber mais sobre E-commerce e marketing digital? Acesse nosso Blog e confira mais!

CONTINUE LENDO
Postagens Relacionadas