Você sabe as despesas e o quanto custa para manter um site no ar?

Deseja investir em uma ferramenta de marketing online? Opte pela criação de um site! Leia nosso artigo e veja quais são as despesas e o quanto custa para manter sua página no ar.
interface
Compartilhar postagem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Sumário

Todos os dias entramos em diversas páginas na internet, mas raramente nos perguntamos quanto custa para manter um site no ar. Assim como qualquer outro serviço, existem diferentes maneiras de criar um site e também diferentes custos.

Tudo depende da sua necessidade. Neste artigo vamos detalhar quais são as despesas e qual o custo para manter sua página na internet.

Como adiantamos, há várias formas de manter um site no ar, mas isso vai depender diretamente da sua demanda. Primeiramente, existem maneiras mais baratas de construir uma página online. Mas como todo serviço, é necessário manutenção periódica para não sair do ar ou qualquer outro problema inesperado.

Nos dias de hoje, em que as pessoas estão cada vez mais conectadas e passando mais tempo na internet, ter um bom site é uma ótima ferramenta de marketing para qualquer negócio. Portanto, vale a pena investir mais nesse setor, que pode ajudar a alavancar sua empresa e sua marca, ou deixá-la esquecida entre os consumidores.

Qual o é o valor para manter um site no ar?

Alguns fatores podem determinar o valor a ser gasto para manter um site no ar, como: hospedagem e o domínio, as inscrições e certificados, as plataformas, plugin e temas, a atualização periódica do conteúdo da página; além da adoção de uma estratégia de marketing e a análise de dados do site.

Posteriormente explicaremos cada um deles, e daremos uma estimativa de gasto com cada um.

Hospedagem e domínio do site

O domínio do site é o nome que o seu cliente vai digitar após o “www” para procurar seus serviços. Comprar um domínio é importante, afinal, essa vai ser a primeira imagem do seu site.

Logo, faça uma pesquisa de marca registrada e escolha um nome chamativo, atraente, que corresponda ao nome da sua empresa. Já a hospedagem de sites é o espaço que ele vai ocupar na internet. Você precisa dele para que sua página fique no ar e os seus clientes consigam carregá-la.

Ambos os casos contam com opções mais baratas e outras mais caras, e planos que contemplam os dois serviços. Quanto mais completo e o avançado é o suporte, maior é a segurança e a qualidade dele. Isso vale também para o valor que você deverá pagar para usufruir desses benefícios. Estimamos que este custo pode variar de R$ 20 a R$ 55 por mês.

Certificado de segurança

O certificado de segurança é um item mais importante do que você imagina para fazer com que a sua página seja vista pelas pessoas. Afinal, ela pode ser vista pelos buscadores como um site duvidoso, proibindo o acesso a ele. O certificado mais aceito pela maioria dos sites de busca é o SSL, e é fundamental para manter sua página no ar por mais tempo.

Em suma, estimamos que você precise gastar de R$ 10 a R$ 25 por mês. Um valor relativamente baixo para o benefício que este certificado pode trazer para o seu negócio.

Plataforma e plugin

Estas ferramentas são utilizadas na gestão de conteúdo do seu site. Muitas vezes você pode utilizar plataformas como o WordPress, que atualmente é o sistema de gestão de conteúdo mais popular do mundo – 30% dos sites utilizam ele como gerenciador – para publicar na sua página sem precisar de muito conhecimento em programação. Igualmente, outra plataforma utilizada é a Joomla.

Os plugins, códigos que aumentam e melhoram as funcionalidades do seu site, também podem ser inseridos na sua plataforma, gerando benefícios imediatos na navegabilidade. Da mesma forma, podem até transformar sua página em um e-commerce, revistas e muitas outras opções.

Os temas WordPress também são utilizados para aumentar a funcionalidade do seu site. Os modelos premium são mais caros, por outro lado, são mais complexos e entregam um resultado mais profissional. A realidade é que, independente se você optar pelo Joomla ou WordPress, serão necessários gastos.

Aqui o custo pode variar bastante. Estimamos que entre R$ 60 e R$ 450 anualmente, e novamente frisamos que quanto mais recursos e funcionalidades maior é o valor da despesa.

Atualização do conteúdo

Quando falamos em atualização de conteúdo, estamos nos referindo aos dados do seu negócio como endereço e telefone, e também a informações que você queira adicionar para comunicar aos seus clientes. Para fazer isso, é preciso ter um conhecimento básico de programação. Ao mesmo tempo, conte com o trabalho de uma agência de criação de sites com experiência.

Na hora de configurar sua página, preze também pelo design dela. Faça sempre atualizações para manter seus sites responsivos para os usuários. Assim, vai ajudar seus clientes a navegarem mais e melhor por ele.

Calculamos que para estes serviços seja necessário investir de R$ 15 a R$ 45 ao mês. Definitivamente, um valor inexpressivo se levado em conta os benefícios para manter o seu site no ar com qualidade.

Estratégias e análise de métricasManter um site no ar

Contratar uma pessoa especializada em marketing pode fazer a diferença no desenvolvimento do seu site. Afinal, ela é capaz de traçar estratégias para melhorar ainda mais o desempenho da sua página. Pode também fazer análises dos dados que os seus clientes deixam ao navegar por ela.

Para isso, estimamos que a despesa saia por volta de R$ 1500. Caso você esteja iniciando o seu negócio ou não queira investir esse valor no momento, existem ferramentas gratuitas para sua estratégia de marketing funcionar de maneira mais assertiva com os seus clientes e, assim, fazer com que seu site fique online por mais tempo.

Conclusão

Criar um site barato é bastante possível, e é a alternativa mais popular por quem está abrindo sua empresa ou tem pouco capital para investir. Portanto, para mantê-lo no ar sempre atraente aos clientes e com mais funcionalidades, é importante entender que serão necessárias despesas.

Experimente fazer um cálculo de gastos mensais para a construção e atualização periódica da sua página. Logo, veja se estes custos cabem no seu orçamento. Investir em um site como uma ferramenta de marketing para o seu negócio vai colocar você e sua marca em destaque no mercado.


A sua empresa pode ir mais além com as dicas que nós demos! Aproveite as dicas e confira nosso outro artigo para aprimorar sua loja virtual! Caso queira ler outros textos para ajudar a sua empresa, acesse nosso blog e confira!

CONTINUE LENDO
Postagens Relacionadas